AnaCardeira_Exercicio2

Nesta primeira imagem vetorial da autora Ana Rita Mendes a ideia passa pela ação das crianças, a brincadeira, o ato “rebelde” que se projeta na expressão da criança que se encontra por baixo da imagem, sendo também esta a única “iluminada”. Por outro lado, a expressão em si, como exterior ao acontecimento mas que ao mesmo tempo se projeta nele, como zanga ou chamada de atenção de algo que possa estar a acontecer no outro lado da corda.

Imagem: Ana Rita Mendes. Conceito – Património Imaterial.
Texto: Ana Cardeira.

Na Imagem Raster do autor Bernardo Lam, a ideia de uma corrente cujo papel se acaba por desfazer, deste modo, “solúvel”, pelo percurso – rede – que é a ribeira aqui representada. A opção de colocar o texto do lado direito depara-se com a necessidade de manter a construção visual dos barcos de papel que se tornam protagonistas na composição. Por outro lado, a ligação de ambas as palavras através do “S” tem como objetivo a ideia de rede e continuidade.

Imagem: Bernardo Lam. Conceito – Corrente que move, corrente que prende.
Texto: Ana Cardeira.
Esta entrada foi publicada em Exercício 2 com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s